ARTIGO - JOEL MARASCHIN [ Carta ao Exmo Sr. Presidente da República Jair Bolsonaro ]

12/04/2019

 

 

Senhor Presidente,
 

Primeiramente é uma honra poder estar me dirigindo ao chefe maior desta nação, resolvi lhe escrever pois acredito que passados 100 dias do seu governo, algumas coisas precisam chegar até o seu conhecimento.

 

Confiei meu voto à sua pessoa no segundo turno, por acreditar que o Brasil precisava se desvencilhar de uma sigla partidária e de um grupo de pessoas que, até fizeram algo pelos mais pobres do Brasil no começo, passado os anos, porém, deixaram o poder lhes subir à cabeça. Eles adentraram o cofre da União, e passaram a demandar lá de dentro como se o público fosse privado. Usurparam e saquearam o dinheiro dos brasileiros.

 

Não vou lhe enganar que as propostas de governo que mais me atraiam eram a do Meirelles e do Amoedo, mas foram candidaturas que não tinham chance de chegar ao segundo turno, pois o brasileiro ainda padece de alguns conhecimentos tão importantes na hora de dar um voto.

 

Eu sou um jovem político, eleito vereador na minha pequena cidade do interior do RS aos 28 anos, e sei o quão difícil é enfrentar o sistema, a velha política, e àquelas raposas que estão há anos sentados em cima da burocracia dos serviços públicos neste país.

Mas presidente, lhe suplico, comece a governar esse país o quanto antes, sei que 100 dias é pouco, mas as páginas dos noticiários do governo mais parecem aquele programa "Casos de Família", o Twitter mais parece colunas do "Leão Lobo", e o dia-a-dia em Brasília mais parece um episódio do "Zorra Total".

 

Israel é uma grande nação, Jerusalém é uma cidade abençoada, eu concordo e ainda comungo dos mesmos preceitos religiosos que o senhor, mas por favor, não compre uma briga desnecessária com a Liga Árabe agora, não no começo do governo, eles movimentam milhares de empregos no Brasil, só no  Rio Grande do Sul dois grandes aviários um em Marau e um em Montenegro produzem exclusivamente frangos para eles, fora os pequenos criadores. Uma retaliação deles resultaria em milhares de demissões me massa. Tenha cautela ao falar sobre isso!

 

Esqueça as placas de carros do Mercosul, as tomadas de três pinos, as urnas eletrônicas, deixe essas picuinhas com o Rodrigo Maia fora do campo político, corte o Twitter de seus filhos e de uma vez por todas, comece a governar esse país. Foque na Reforma da Previdência Privada e dos Militares, vá à campo, converse com os líderes de bancadas, com as comissões, com as Frente Parlamentares, não é pedir penico, fazer política é isso.

 

Organize a Reforma Tributária que tanto falou, os municípios suplicam por um novo Pacto Federativo, nós, aqui, longe de Brasília estamos falindo, pois não suportamos mais transferência de responsabilidades e menor repasse de recursos. Esse modelo de tributação da época da monarquia não condiz mais com a realidade do Brasil que tem mais de cinco mil municípios, e dez Estados em situação falimentar.


Peça para o Moro, além do Pacote Anticrime, focar em reformar o Código Penal, não tem cabimento mais o que a impunidade está fazendo com o Brasil e com os brasileiros, a criminalidade tomou conta da cidade, parafraseando Gabriel O Pensador. Mais do que isso, a Constituição Federal precisa de uma Constituinte Exclusiva para ser revisada, mais de 100 emendas em 30 anos, que bela constituição é essa, que era pra ser a mais cidadã do planeta, e não tem sido respeitada por absolutamente ninguém, do STF às mazelas da periferia?

 

Preste atenção Presidente, o senhor comanda uma das maiores repúblicas do mundo, uma das 15 maiores economias do planeta, a mais importante da América Latina, esquece a Globo, esquece o Estadão, a Folha, baixe a cabeça presidente, trabalhe, coloque um freio não boca de alguns ministros falastrões e de uma vez por todas, governe este país.
 

O senhor sabe da força e do poder do Congresso Nacional, não subestime eles, lógico, não ceda àqueles acostumados a barganhar votos por pedidos pessoais. Mas, não durma no ponto, quem faz a república andar são eles, ao mesmo tempo em que podem fazer a república parar, como já demonstraram em outras oportunidades.
 

Sabe presidente, as pessoas estão cansadas, desacreditadas, o senhor deu um pouquinho de esperança a uma parcela importante da população que quis dar um basta a um ciclo que por hora se encerrou. Não os decepcione, para de comprar brigas desnecessárias, foque naquilo que é importante para esta nação.
 

Se conseguir aprovar a Reforma da Previdência e a Tributária, se conseguir firmar um novo Pacto Federativo, se conseguir modernizar o Código Penal e a Constituição Federal, dai sim, eu não me importo e rediscutir placa do Mercosul, tomada de três pino e o sexo dos anjos, se precisar. Mas por favor, concentre sua energia naquilo que é PRIORIDADE!!!

Ou é isso senhor Presidente, ou estaremos fadados daqui há três anos, a ver aqueles que desceram a rampa do Planalto saindo pela porta dos fundos, subir novamente como salvadores da Pátria.
 

Assim me despeço excelentíssimo Presidente, pedindo FOCO para Governar o Brasil para 200 milhões de pessoas, não apenas para o grupo ideológico que alçou sua chegada até o cargo máximo desse país.


O Brasil precisa mudar, mas para melhor!

Please reload

© Copyright 2019 - 2020 Grupo Meta News. Desenvolvido por Gath Soluções

META LOGO2 (1).png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube