Turismo, Comércio e Inovação foram temas do Fórum de Debates pelo Desenvolvimento de Butiá

25/05/2019

Ao longo da tarde e noite da sexta-feira (24), a cidade de Butiá recebeu o primeiro evento do Fórum de Debates pelo Desenvolvimento 2019. O projeto é uma inciativa da Fundação Ulysses Guimarães filial Rio Grande do Sul e da Associação dos Vereadores do MDB/RS.

 

A cidade de Butiá foi escolhida na região Carbonífera para receber o encontro e debater sobre turismo, comércio/serviços e indústria/inovação. A organização local, ficou por conta do vereador Joel Maraschin (MDB).

 

Dentre os objetivos da atividade, estão a inclusão da educação como o principal fator de desenvolvimento humano e econômico nas discussões e projetar o futuro através de uma nova era tecnológica; Debater políticas e programas públicos de desenvolvimento econômico regional, do estado e do país, projetando ações para o Poder Público; Mapear oportunidades de ação estratégica e compartilhada das instituições em busca do desenvolvimento de áreas essenciais; Compreender as demandas de empresas e setores produtivos, viabilizando a busca de soluções a curto, médio e longo prazo e Discutir o cenário econômico global e sua relação com Butiá e região Carbonífera.


Na abertura oficial do evento, compuseram a mesa o Vereador Joel Maraschin, o presidente da Associação de Vereadores do MDB/RS Guto Scherer, o prefeito de Butiá Daniel Almeida e o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Hélio Santos.

 

Em sua fala, o vereador Joel Maraschin discorreu sobre a escolha dos temas debatidos e o impacto de cada um na cidade e na região. Ressaltou sobre a necessidade do encontro “Precisamos discutir ideias e fazer o município crescer, gerar emprego e desenvolvimento. O fórum é realizado com esse objetivo! ”, conta.


Ao longo de todos os painéis, cerca de 60 participantes estiveram presentes no plenário da Câmara de Vereadores de Butiá.


Painel – Turismo
 

Susan Maciel é turismóloga e foi designada a mediar o primeiro painel do encontro, sobre Turismo.


O primeiro painelista foi Adão Cleiton, representando a Associação Cultural Butiaense (ACUB), que apresentou a instituição e o patrimônio histórico e cultural de Butiá. Através dos projetos de preservação e roteiro turístico, Adão ressalta a necessidade da valorização do butiazeiro e o potencial existente para o comércio e o artesanato.


O segundo painelista da temática, foi o Coordenador de Intercambio Brasil X Chile, José Maria Medeiros. Com 20 anos de intercâmbio, o que precisamos aprender com o Chile? José Maria esclarece... “O intercâmbio não pode ser somente a troca cultural, é necessário algo a mais. Precisamos aprender processos, começar a intercambiar conhecimento, inovação! ”, conta.


Para a roda de debates, foram discutidas as necessidades dos turistas, a exploração de mais atrativos e as parcerias públicos privada, com dois comerciantes locais. Rodrigo Mendes da Agencia TRIP e Zeca Leindecker, da Duzeca Pizzaria.


A mediadora Susan indagou “Como vocês pensam em trabalhar o desenvolvimento do turismo local e regional? Primeiro precisamos pensar o turismo, depois o turista! ”. De forma unanime os participantes do painel afirmaram que é necessário o diálogo na cidade!


Aberto para perguntas, os participantes puderam questionar e sugerir sobre as mais variadas questões que influenciam o turismo local, desde projetos com ênfase na valorização dos pontos turísticos já existentes na cidade; iniciativas na educação dos jovens, criação de leis no município e a conscientização de limpeza.

 

Painel – Comércio e Serviços
 

O presidente da Associação do Comércio Indústria e Serviços (ACIS), Antônio Carlos Oliveira foi o responsável pelo segundo painel do Fórum de Debates, que trouxe a temática de Comércio e Serviços.

 

A primeira painelista, foi a representante da Sicredi Centro-Sul, Shirlei Marion. Ao longo de sua fala, discorreu sobre negócios, investimentos, gestão financeira e potencialidade da Região Carbonífera. Ainda ressaltou a efetividade da participação da cooperativa em eventos como este. “Todas as ideias são bem-vindas! Estamos dispostos a ajudar e cooperar no que estiver ao nosso alcance. ”, conta.

 

Já a segunda painelista, Caroline Costa da Rede Wizard falou sobre a importância do mercado de educação com reflexo direto no fomento da economia, no comércio e na contratação de mão de obra, onde ressaltou a importância do profissional qualificado. “A qualificação traz possibilidades. Temos que investir nos moradores da cidade, assim continuamos honrando o compromisso com a educação. “, afirma.


A roda de debates trouxe como temática as perspectivas de futuro para o comércio local, ferramentas de inovação e como investir para ampliar e melhorar o comercio local. Os empresários Mariana Drebs da Rede PurPoko+ e Jefferson Vieira da Celulares.com puderam relatar suas experiências empreendedoras na cidade e a expansão das lojas para os municípios da região.
 

Para finalizar a conversa, o mediador Antônio Carlos indagou se vale a pena investir na região. Os participantes ressaltaram a necessidade de investir em qualificação, visando a transformação e evolução da mão de obra da cidade.
 

Antônio Carlos ainda propõe aos participantes tornar o evento regular e continuar debatendo temáticas pertinentes ao desenvolvimento de Butiá.

 

Painel – Indústria e Inovação

 

O terceiro e último painel do encontro, foi mediado pelo vereador e anfitrião do evento, Joel Maraschin, que fez uma breve apresentação dos participantes do painel.

 

O primeiro painelista que discute a temática de Indústria e Inovação, é o presidente da Fundação Ulysses Guimarães filial RS, bacharel em direito e prefeito por dois mandatos no município de Torres/RS.


Em sua fala, João trouxe dados locais e fez um comparativo de Butiá com o município de Rolante, ambas com dados semelhantes, mas com planejamento de gestão e consequentemente, resultados diferentes.  Em sua fala, ressalta a necessidade do planejamento para crescimento da cidade/região. “Planejamento é o futuro. O poder público deve atuar como indutor do desenvolvimento, criando uma verdadeira cultura para empreendedorismo! ” e afirma que o projeto deve focar no jovem “estas competências devem ser desenvolvidas desde o ensino fundamental.”.


O segundo painelista, coaching e criador do Instituto Inovação, Joel Maciel debate sobre o posicionamento do país em relação as grandes potências mundiais, o impacto consequentemente gerado pela falta de planejamento e sobre economia criativa.


Ao discorrer, afirma que é necessário “olhar para a frente e mirar as novas tecnologias” pois a economia criativa é o futuro, “o maior capital está nos intangíveis! ”. Joel finaliza ressaltando que precisamos focar nas nossas estratégias “a educação e a qualificação é a chave de tudo!”.


A roda de debates reuniu três empreendedores Marcelo Soares e Cordeiro da RTN Madeiras/Modulare Brasil, e Adriano dos Anjos da Agência YPP - Agência Digital, para falar sobre o mercado da inovação, o futuro dos investimentos e quais as necessidades dos consumidores na próxima década.

O evento contou com apoio da Câmara de Vereadores de Butiá, da Associação do Comércio, Indústria e Serviços de Butiá e das instituições de ensino Wizard, Multieducare e Unopar. O patrocinador do evento é a agência Sicredi de Butiá.

 

 

Please reload

© Copyright 2019 - 2020 Grupo Meta News. Desenvolvido por Gath Soluções

META LOGO2 (1).png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube