Seis motivos para pertencer a uma Associação Comercial e Empresarial

18/01/2020

A Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agropecuária de Butiá - ACISA, que tem o seu primeiro presidente Antônio Carlos Oliveira (Cebolinha), já está com a sede pronta para operar, no prédio da Rua Feliciano Carrinho, onde o Procon, CDL e, até Espaço Sebrae já funcionaram neste prédio público. Segundo Oliveira uma agenda de ações para 2020,  já está sendo elaborada para ser apresentada aos mais de 60 associados que compõe a entidade.

Todo empresário, sobretudo os mais novos, já se questionaram o porquê de se afiliar a uma Associação Comercial e Empresarial. Pode parecer pouco natural buscar por mais uma “conta a pagar”, através da contribuição, principalmente quando se está no começo do negócio, ou ele já funciona há muitos anos sem nunca ter tido contato com uma Associação.

Alguns empresários podem já ter uma boa fatia de mercado e achar inútil se reunir com outros empresários para tentar expandir seu market share. Muitos podem simplesmente não saber o que realmente faz uma ACE e o que ela pode fazer por eles. O caso é que ainda existe um gap de comunicação entre empresas e Associação.

 

 

De um modo geral, a ACE é uma organização que valoriza o coletivo. Através dela e de acordos feitos entre seus associados, muitos serviços e produtos são disponibilizados para uma comunidade de empreendedores de forma muito mais acessível, e de forma que há benefícios compartilhados entre essa comunidade.

 

Fechar acordos com ACEs ajuda tanto o fornecedor quanto os associados, pois ambos têm papéis que constantemente se invertem ao longo do tempo. Um dia você oferta algo com alguma vantagem e outro dia usufrui dessa vantagem com outra ferramenta ou serviço. Justamente por isso, listamos alguns benefícios de se estar filiado a uma ACE, para que se consiga refletir a importância desse olhar coletivo:

 

1. Networking: pode parecer o mais óbvio dos propósitos dentro de uma ACE, e alguns podem até achar que impulsionar seu relacionamento com outros players do mercado não leve a nada. Porém, o caso é que não importa o quanto você tenha de fatia no mercado, clientes e fornecedores vêm e vão, e é preciso ter boas relações com outros possíveis parceiros comerciais. Só assim se expande, e também se sobrevive em tempos de crise.

 

2. Retrato do mercado: é possível ter contato com concorrentes, com empresários experientes e com dados mercadológicos que são conquistados com relacionamento e pesquisas promovidos pelas Associações. Esse retrato do mercado é crucial para a tomada de decisão diária da empresa, e tê-lo de forma confiável e fácil é, sem dúvida, uma das maiores vantagens.

 

3. Acesso a serviços mais baratos: suponha que sua empresa está enfrentando um processo. Advogados e processos jurídicos são caros. As Associações oferecem serviços de advogados mais baratos para seus membros, de forma que o custo é menor para o empreendedor, assim como a qualidade do serviço que pode garantir sucesso em seu processo. O mesmo acontece com consultores empresariais, especialistas em RH, entre outros. Acordos com federações e confederações também permitem acessos a assessorias, consultorias, formações e outros benefícios, com ferramentas de gestão e suporte específico.

 

4. Incentivo ao mercado: a troca de serviços, produtos, contatos, experiência, tudo isso leva a um único e primordial fator: a movimentação do mercado. Através dessas oportunidades, estar vinculado a uma ACE permite ao empresário estar mais próximo de potenciais clientes e entender como se aproximar deles de forma mais eficaz, além de reduzir custos na busca por novos contatos comerciais.

 

5. Representação de classe: Construir negociações com sindicatos dos trabalhadores, apoiando para acordos, reivindicações de soluções junto aos órgãos públicos, tem um outro peso quando liderados por ACE. O que possibilita aos empresários terem seu tempo compensado nas reuniões e formações propostas pela entidade.

 

6. Promotor de Ações: Campanhas de Natal são um grande exemplo que uma ACE organizada pode oferecer aos associados, que muitas vezes não suportam um prêmio mais expressivo, como uma tv, uma motocicleta ou um carro, para cupons de final de ano. Promoções e ofertas em outras datas também podem ser construídas, com materiais de apoio e até eventos com forte apelo publicitário.

 

No fim das contas toda a comunidade ganha com ACE fortalecida, algumas são exemplos de organizações de grandes feiras, como a Fenadoce de Pelotas. O caráter associativista é histórico exemplo de desenvolvimento e prosperidade para cidades que planejam o que querem e para onde vão.

 

Saiba mais - Alguns termos e seus significados:

 

Market share - grau de participação de uma empresa no mercado em termos das vendas de um determinado produto; fração do mercado controlada por ela.

 

Gap - significam as divergências que ocorrem dentro de uma empresa e entre a empresa e o cliente, o que resulta em má qualidade na prestação do serviço.

 

Player de mercado - é a definição para aquelas empresas que atuam de forma relevante no mercado no qual estão inseridas.

Fonte: Adão Lopes - Varitus Brasil

 

 

Presidente da ACISA - Antônio Carlos Oliveira

 

Please reload

© Copyright 2019 - 2020 Grupo Meta News. Desenvolvido por Gath Soluções

META LOGO2 (1).png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube