Incêndio causa blackout na Região Carbonífera

Foram cerca de sete horas sem energia elétrica nesta sexta-feira (13), que resultou em uma parada nos serviços de internet, telefone e até abastecimento de água.


Às 9h10 da manhã aconteceu a primeira queda, retornando minutos depois. Pelas 9h20 aconteceu novamente, também retornando em seguida. Mas as 9h28 minutos a luz caiu e não voltou mais na cidade Butiá.


Com as informações desencontradas e com os telefones celulares das empresas Vivo, Oi e Tim também sem funcionar estava difícil saber o que estava acontecendo, ou que horas voltaria a luz.


Em seguida foi possível ver pelas redes sociais que outras cidades da região como Arroio dos Ratos e Minas do Leão estavam enfrentando os mesmos problemas.


De acordo com o Gerente da Ceee de Butiá, Claidiomar Kurtz, um incêndio em um campo atingiu uma linha de transmissão.


- O incêndio aconteceu no interior da cidade de Charqueadas atingindo a estrutura da linha de transmissão que atende a subestação do Areal em Butiá, responsável pelo fornecimento de energia em Butiá, Minas do Leão, Arroio dos Ratos e parte de Eldorado do Sul. Após os bombeiros apagarem o fogo, a estrutura teve que ser refeita, informou.


Passava das 16h quando a luz retornou na região, e passava dos 38 graus. Bancos, lojas, serviços públicos, e diversos escritórios fecharam mais cedo, devido a impossibilidade de seguir trabalhando em salas fechadas sem refrigeração e sem internet.


Um velho problema que assombrou a cidade de Butiá há 5, 6 anos atrás voltou a acontecer. Com a queda de luz, todos os serviços de telefonia móvel das empresas Vivo, Tim e Oi também pararam. Fazia tempo que isto não acontecia e no passado foi identificado com um problema nas baterias da antena no centro da cidade.


Desta forma a cidade de Butiá ficou praticamente incomunicável e desconectada da rede mundial de computadores por quase sete horas.


Foto: Reprodução/Internet