Estado mandará 339 testes rápidos de Covid-19 para Região Carbonífera


O Brasil é um dos países que menos fazem testes para o novo coronavírus. No ranking mundial, é apenas o 14º em notificações para Covid-19 e o que menos realiza os testes entre as 15 nações mais atingidas pela pandemia.


Em comparação a outros países que também enfrentam o novo vírus, o Brasil faz 296 testes a cada milhão de habitantes. O Irã, o segundo que menos testa entre os mais afetados, faz 2.755 por milhão. Os Estados Unidos, por sua vez, 7.101 por milhão. A Alemanha, um dos países com menor taxa de mortalidade, testou 1.317.887 pessoas — 15.730 por milhão, de acordo com o jornal “O Globo”.


Em Butiá, a Prefeitura de Butiá com mais de 30 casos suspeitos em isolamento, resolveu não esperar e comprar com recursos próprios cerca de 125 testes rápidos para começar a testar os suspeitos e ainda possuir uma reserva para poder testar novos casos suspeitos.


Da primeira leva de testes que o Rio Grande do Sul recebeu do Governo Federal, totalizando 28.941 unidades, a Região Carbonífera receberá 339 testes, divididos pelos seus nove municípios. Estes testes porém não será para uso da população, mas para testagem de funcionários da saúde e da segurança pública.


VEJA QUANTOS TESTES O SEU MUNICÍPIO VAI RECEBER


- Arroio dos Ratos - 21


- Barão do Triunfo - 11


- Butiá - 41


- Charqueadas - 78


- Eldorado do Sul - 60


- General Câmara - 13


- Minas do Leão - 15


- São Jerônimo - 45


- Triunfo - 55