OPERAÇÃO CAMILO | Polícia Federal em Butiá novamente

09/06/2020

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira, 9, dois mandados de busca e apreensão em Porto Alegre e Butiá, no âmbito da Operação Camilo.

 

 

Após a deflagração da Operação, em 27 de maio, novas informações obtidas pela Força-Tarefa indicaram que a esposa de um dos investigados presos seguia fazendo saques diários de valores em conta corrente, na ordem de R$ 5 mil, o que motivou o pedido de mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal ao TRF4. Além das buscas, foi determinado o bloqueio de uma conta bancária.

 

 A Operação Camilo foi deflagrada por Força-Tarefa formada pela Polícia Federal, Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, Ministério Público Federal e Ministério Público do Rio Grande do Sul. A investigação apura crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção passiva, organização criminosa, ocultação de bens, crime de responsabilidade e desobediência. O prejuízo estimado que está sob suspeita, até o momento, é de R$ 15 milhões de reais em recursos da saúde repassados pela União e pelo estado do Rio Grande do Sul a uma Organização Social.

 

Ao total, as instituições investigadas movimentaram cerca de R$ 200 milhões nas contas bancárias desde 2015.


Fonte: Portal Gaz

Please reload

© Copyright 2019 - 2020 Grupo Meta News. Desenvolvido por Gath Soluções

META LOGO2 (1).png
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube