Hora do lanche!


Sabe quando no final do expediente, você corre para casa e bate aquela fome junto com aquela preguiça de preparar algo? Ou apenas aquela vontade de um lanche gostoso? Já aconteceu contigo?

Churrasquinho do Gringo


Pois então, pensando nisso o Meta Notícias entrou com contato com cinco estabelecimentos da cidade de lanches que fazem sucesso no Delivery, que impera nessa Pandemia, também para conversar como temas como: expansão, inovação e transição. Os estabelecimentos procurados para essa entrevista foram: Churrasquinho do Gordo, Lanches da Rê, Churrasquinho do Gringo, Olivia’s e, Patetas Hot Dog.



De acordo com Nilson Costa, proprietário do Patetas, conversamos sobre como ele lidou com as mudanças no mercado, impostas por este momento em meio a uma pandemia.


- A pandemia nos fez trabalhar diferente, tivemos ainda mais cuidados na higienização nos preparos dos lanches para que nosso cliente se sentisse seguro ao receber o pedido. Encaramos novos desafios, a operação teve aumento de custo, e produtos e insumos com preços cada vez mais altos. Mas estamos trabalhando muito para superar este momento e levar sempre um produto inovador e de qualidade para nossos clientes, sem repassar os aumentos, que são muitas vezes semanais, contou o Nilson.


Com a Renata Antunes, proprietária do Lanches de Rê, a nossa conversa foi sobre expansão. Pois a experiência dela em conseguir expandir o negócio em um momento tão delicado, certamente vai estimular outras pessoas.


- Estamos, desde o início da pandemia, abertos todos os dias. Trabalhamos todas as noites para nunca deixar nossos clientes sem opções.

Sempre em constante procura de novidades e melhorias para nosso espaço e nossos lanches. Superamos o medo, superamos o cansaço, superamos os imprevistos. Superação, esta é a palavra chave para conseguir passar este momento tão difícil, declarou Renata.


Andree Souza, proprietário do Churrasquinho do Gringo, que iniciou uma nova aposta de negócios na cidade, o espetinho, conversamos sobre como está sendo esse processo.


-Para nós está sendo muito favorável, faz dois meses que iniciamos, temos cada dia mais aceitação do público. A pandemia não está nos afetando em nada, já que trabalhamos com qualidade, higiene e atendimento personalizado mantendo as regras exigidas. E os problemas enfrentados são as restrições de horários e evitar as aglomerações, essas são as limitações enfrentadas, mas mesmo assim está sendo uma experiência boa, relatou Andree.


Já Leno Corrêa, proprietário do Olivia’s, passou pela transição do delivery para um local onde os clientes também podem buscar os seus pedidos, uma opção take away.


- A vontade de empreender já vem de muito tempo. Mas o medo de arriscar e trocar o certo pelo duvidoso sempre assombrou. Fiquei desempregado com uma filha de três meses, que se chama Olivia, precisei então vender a minha camionete para comprar utensílios para preparar hambúrguer’s. Nos primeiros dias chegamos a vender até 60 hambúrguer's em 4 horas. A pandemia para nosso empreendimento impulsionou o crescimento do delivery, planejamos tão logo tudo isso passe, investir no espaço que hoje possuímos, para atender ao público no local, possibilitando que possam fazer seus lanches aqui.


O Jovane, proprietário do Churrasquinho do Gordo, começou seu empreendimento em um ponto tradicional da cidade.


-Há muitos anos esse local era conhecido como a esquina da sorveteria da dona Vera e, atualmente, Sorveteria juntamente com o Churrasquinho do Gordo. No início da pandemia foi bem complicado, tivemos vários imprevistos, mas com muita garra e força voltamos a trabalhar e estamos conseguindo seguir em frente.


Olivia's Burguer


Lanches da Re


Patetas Hot Dog


Churrasquinho do Gordo